Principais políticas económicas- política fiscal (i)

        			

Existem muitos tipos de política econômica do governo, dentre os quais os principais que têm maior impacto na economia são os seguintes: política fiscal, política monetária, política de preços e política de comércio exterior. Cada uma destas quatro políticas é apresentada a seguir. FG3dFr2Ba (1) política fiscal a política fiscal é uma componente essencial da política económica e, em termos gerais, constitui o código de conduta orçamental dos governos. A conduta financeira do governo refere-se, principalmente, ao comportamento das finanças e receitas do governo. Assim, a política fiscal é a norma que governa os jogos do águia para as receitas e despesas do governo. FG3dFr2Ba como um dos principais instrumentos utilizados pelo governo para gerir a economia, a política fiscal ocupa um lugar de destaque na gestão macroeconômica. FG3dFr2Ba em primeiro lugar, a política fiscal reflete a gestão governamental dos recursos financeiros da economia nacional. Da gestão macroeconómica, basicamente, só de fundos constituem o elemento da actividade económica de grande escala, da gestão de materiais, mão-de-obra e de avaliação, de gestão dos fundos é a gestão dos recursos financeiros da economia nacional, desempenhar um papel de liderança na gestão macroeconómica, restringe a gestão dos materiais e mão-de-obra, e a gestão de recursos financeiros principalmente com crédito fiscal. FG3dFr2Ba em segundo lugar, a política fiscal reflete a gestão distributiva da economia nacional. As finanças são o meio mais direto e principal pelo qual o estado distribui macroscópicamente uma parte do produto social. Por um lado, através da distribuição de certas condições de produção ou fatores de produção, é realizada uma alocação racional dos recursos, a fim de formar uma estrutura produtiva racional que permita o desenvolvimento econômico; Por outro lado, uma parte dos frutos da produção é distribuída para alcançar um desenvolvimento harmonioso da produção e do consumo, equilibrando a oferta agregada da sociedade com a demanda agregada da sociedade, permitindo a estabilidade econômica. FG3dFr2Ba especificamente, a política fiscal inclui os seguintes aspectos: ① objectivos da política fiscal. Os objectivos da política orçamental referem-se, em geral, aos objectivos a alcançar através da aplicação e execução da política orçamental, sendo o seu elemento central. O pleno emprego tem sido um objectivo macroeconómico em muitos países durante muito tempo, desde a década de 1940, mas a sua busca levou a uma inflação posterior, flutuações económicas, etc. Assim, hoje em dia, a maioria dos países implementam políticas econômicas de múltiplos objetivos, que geralmente incluem seis objetivos principais, incluindo pleno emprego, estabilidade de preços, crescimento econômico, equilíbrio na balança de pagamentos, equidade de renda e alocação otimizada de recursos. Os seis objectivos principais devem ser compatíveis com os objectivos da política económica, sendo estes os principais componentes da política económica. FG3dFr2Ba primeiro, o pleno emprego. O pleno emprego não significa que todos tenham trabalho, mas que todos os trabalhadores que possam e queiram trabalhar tenham trabalho. Em termos mais gerais, o pleno emprego significa, por sua vez, que todos os recursos disponíveis e realistas são plenamente utilizados e que não há recursos inúteis por utilizar. FG3dFr2Ba segundo, alocação otimizada de recursos. Refere-se à obtenção dos melhores resultados económicos através da distribuição racional dos recursos económicos, tais como os recursos financeiros, materiais e humanos, para toda a sociedade. FG3dFr2Ba do ponto de vista fiscal, a alocação otimizada de recursos refere-se principalmente ao fluxo de recursos financeiros e a otimização do fluxo, ou seja, através das atividades fiscais e de receitas do governo, a implementação da alocação de fundos, a regulação do investimento de vários recursos econômicos, de modo que eles sejam alocados racionalmente entre os vários departamentos, regiões, a fim de formar uma estrutura econômica razoável e melhorar a eficiência do uso de recursos. FG3dFr2Ba terceiro, a estabilidade dos preços. Refere-se à estabilidade do nível geral de preços. A estabilidade de preços não exclui fortes flutuações nos preços de produtos individuais, nem é uma fixação constante do nível geral de preços. A estabilidade de preços pode ser considerada desde que, durante um determinado período, o aumento do nível geral de preços se mantenha dentro dos limites socialmente aceitáveis. FG3dFr2Ba quarto, crescimento econômico. Significa manter uma certa taxa de crescimento do produto nacional bruto em relação à renda nacional, evitando a estagnação ou o declínio da economia. FG3dFr2Ba quinto, balança de pagamentos. Isto refere-se ao balanço de várias economias 91 sportsbet realizadas entre um país e seu país por um determinado período de tempo, que se traduz em um nível adequado de reservas internacionais com uma taxa de câmbio relativamente estável, que tem um impacto importante no desenvolvimento econômico de um país. FG3dFr2Ba 6. Renda justa. Ainda não existe um entendimento consistente e definitivo sobre como exatamente "equidade" deve ser entendida. A compreensão da "equidade" não é apenas inconsistente entre os diferentes países e regiões, mas também entre os membros de diferentes classes dentro de um mesmo país ou região. Até mesmo os membros de um mesmo país, região e classe terão diferentes percepções e compreensões da "equidade" em diferentes momentos. "Equidade" é, portanto, um conceito de desenvolvimento, de mudança. Nesta fase, para a maioria das pessoas, o consenso que pode ser alcançado sobre a "equidade" é simplesmente o seguinte: a renda deve variar em proporção direta às obrigações, com mais obrigações sociais para aqueles que têm mais e menos para aqueles que têm menos.

Zhongshan securities LLC ☉ ICP no. 09043378 Copyright 2003-2024 IPv6
Baidu
map